35 anos de de volta para o futuro

35 anos de ‘De Volta Para o Futuro’

Símbolo da cultura-pop dos anos 80 completa 35 anos e ainda é aclamado por críticos de cinema e do entretenimento.

Os anos 80 foi marcante para a indústria do entretenimento, nos cinemas podíamos ver  títulos como ‘Rambo’, ‘O Exterminador do Futuro’ e ‘E.T.: O Extraterrestre’. ‘De Volta para o Futuro’ é memorável e frequentemente utilizada como referência a época nas obras mais atuais que abordam o período, como ‘Stranger Things’ e ‘Dark’. A história que mostra o jovem Marty McFly (Michael J. Fox) voltando no tempo foi um grande sucesso e a aventura se mostrou uma das mais empolgantes da década.

Os efeitos especiais foram pivô da ficção científica nas telas, já que estavam avançando rapidamente. Isso permitiu que fossem feitos filmes cada vez mais sofisticados visualmente.

Blade Runner é um grande exemplo.

O final do Século XX nos apresentou grandes produções que mostravam um ambiente espacial com armas que soltavam raios, naves com design super criativo, planetas com cenário completamente diferentes e criaturas estranhas. E não poderia faltar um dos temas favoritos da ficção, as viagens no tempo, que abordam tanto conceitos físicos quanto filosóficos.

‘De Volta para o Futuro’ é um filme que não precisa de remake, embora alguns fãs queiram muito isso, a trilogia abordou diversas épocas, mas o seu presente era os anos 80 e tudo que era popular naquela época está ali, vemos lá Marty tocando guitarra como um grande roqueiro (o rock falava alto naqueles anos), os penteados característicos, tênis Nike, jaqueta de nylon, tecnologia e por aí afora. O filme é um registro perfeito de sua época.

Dessa forma, é você assistir então a esse filme para saber como as pessoas se vestiam, como se comportavam, o que pensavam, os carros usados, a música que tocava, como era a tecnologia, como eram as ruas, entre outros detalhes. Claro que isso tudo é mostrando o ponto de vista da vida cotidiana de uma cultura ocidental e, mais especificamente, norte-americana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *