miolo-espacial-bad-boys-para-sempre-fica-a-dica-980x400

#FicaADica – Bad Boys para Sempre

Na última quinta-feira (30), estreou nos cinemas, Bad Boys para Sempre. Este é o terceiro filme da franquia que teve início em 1995 com Os Bad Boys e já está sendo sucesso de bilheteria nos Estados Unidos, desbancando o longa 1917 que já tem várias indicações ao Oscar deste ano. A obra conta com os atores Will Smith e Martin Lawrence voltando a interpretar a dupla responsável por lançar suas carreiras cinematográficas Mike Lowery e Marcus Burnett, dois policiais veteranos que se encontram na “reta final” de seus trabalhos.

Embora a franquia seja bastante conhecida pelo exagero nas cenas cômicas e de ação, dessa vez, o novo longa vem com uma proposta de deixar isso bem mais equilibrado que anteriormente, mas ainda é possível ver cenas épicas de movimentos, agora, com foco no personagem de Will Smith (até porque aqui ele tem um papel mais central em relação a trama), manobras de carros e motos, explosões e perseguição com trocas de tiros. Os clichês de ação podem ser entendidos como uma referência ao diretor Michael Bay, que foi o responsável por dirigir os filmes anteriores da franquia. As cenas de violência, que são apresentadas aqui, estão bem mais escrachadas, talvez essa seja uma maneira de diminuir um pouco o peso do drama que é apresentado.

O entrosamento dos atores continua o mesmo e a direção fez um excelente trabalho mantendo a personalidade dos protagonistas, mesmo tendo se passado muito tempo desde o último lançamento. O pouco traço de mudança que se percebe, em relação aos personagens, está diretamente ligado a essa passagem de tempo. O filme inclusive já apresenta o que deve ser a nova geração da franquia, pois já está confirmado mais um lançamento para esse conjunto. Se essa equipe vai conseguir mantê-la, isso só será possível saber mais à frente.

O roteiro do longa consegue te entregar de cara muitas coisas, principalmente em relação a figura do antagonista, mas tenta confundir o espectador durante a construção da história entregando pistas falsas. No fim, as reviravoltas são bem comuns e esperadas.

A direção, nessa nova sequência, ficou por conta da dupla Bilall Fallah e Adil El Arbi que, além de fazer referências ao diretor anterior, traz para o público um longa-metragem de ação bem atual no estilo de Velozes e Furiosos e King’s Man e uma comédia pastelona que lembra muito as sitcons americanas.

Para quem gosta de uma boa ação, uma boa comédia e está de bobeira pelo shopping, Bad Boys para Sempre é uma excelente alternativa de entretenimento. Além disso, é importante ressaltar que o filme conta com cenas violentas que podem ser um problema para pessoas um pouco mais sensíveis. Vale lembrar que o longa recebeu a classificação indicativa no Brasil de 16 anos. Então é isso. #FicaaDica e aproveite o filme.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *